A cirurgia do Aparelho Digestivo cuida das doenças que atingem todo o trato digestivo alto,
que inclui o esôfago, estômago e intestino delgado. Além de outros órgãos abdominais como: fígado,
vias biliares, pâncreas, baço e a própria parede abdominal. A cirurgia é capaz de tratar o câncer,
colecistite, coledocolitíase, doença de refluxo, obesidade e hernias.